Navegue para frente para acessar os resultados sugeridos

    Uma mãe hospeda na casa que ela deseja manter

    Hospedar permite que ela continue com a casa que ama enquanto é mãe em tempo integral.
    Por Airbnb em 7 de jul. de 2021
    Vídeo de 4 minutos
    Atualizado em 7 de jul. de 2021

    Destaques

    • A Superhost reformou e anunciou a primeira casa da família

    • A renda extra permite que ela tenha recursos para passar mais tempo com seus três filhos

    • Ela se sente empoderada por ser sua própria chefe e hospedar como e quando quiser

    Quando a Superhost Magaly teve seu terceiro filho em 2018, sentiu que estava na hora de encontrar uma casa maior. Mas seu rancho de dois quartos em Wenatchee, Washington, era especial, com sua vista para a empresa de paisagismo da família e por guardar as memórias de infância de seus filhos mais velhos.

    Anunciá-la no Airbnb pareceu a solução perfeita. Eles ficariam com a casa, Magaly poderia continuar perto dos filhos e ainda oferecer "um pequeno oásis para os hóspedes".

    Magaly pesquisou tudo sobre os aluguéis de curta duração na região, se inspirou nas acomodações mais bem avaliadas no Airbnb e preparou seu espaço para os hóspedes enquanto se mudava com sua família para uma casa maior. No final de 2019, ela anunciou a Selah Vivienda.

    Magaly se apaixonou pela arte de hospedar. Seu maior empenho é fazer com que os hóspedes sintam-se em casa, e até mesmo seus filhos pequenos ajudam nessa tarefa escrevendo bilhetes a mão para os hóspedes. "Magaly é uma anfitriã de coração", uma de suas hóspedes escreveu.

    Magaly espera que, através das hospedagens, ela esteja ensinando seus filhos "a acolherem qualquer pessoa e a manterem esse espírito hospitaleiro", comenta. Além disso, ela afirma ser "um ótimo exemplo de que as mães em tempo integral também podem ser empresárias."

    Quando Magaly teve a ideia de hospedar pela primeira vez no Airbnb, ela encontrou a solução para todos os seus problemas de uma só vez: ficar com a casa, ter tempo para as crianças e satisfazer seu desejo de hospedar. O que ela não percebeu foi que isso traria ainda mais possibilidades para sua vida: ser dona de seu próprio negócio de hospedagem — e prosperar com ele, ser um modelo de hospitalidade para seus filhos e criar conexões significativas.

    "Na verdade, foi a melhor decisão que tomamos por nossa família", confessa. "Ser capaz de me conectar com certos hóspedes, conversar sobre os motivos que os levaram a decidir ficar aqui e as memórias que os marcaram é uma das minhas partes favoritas de hospedar."

    Magaly se propôs a fornecer um espaço acolhedor onde os hóspedes pudessem fazer uma pausa para refletir — e, nos momentos tranquilos antes de chegarem, ela encontrou tempo para fazer o mesmo.

    Tem interesse em hospedar na sua própria acomodação?

    Venha hospedar você também

    Destaques

    • A Superhost reformou e anunciou a primeira casa da família

    • A renda extra permite que ela tenha recursos para passar mais tempo com seus três filhos

    • Ela se sente empoderada por ser sua própria chefe e hospedar como e quando quiser

    Airbnb
    7 de jul. de 2021
    Essa informação foi útil?